pressione enter para pesquisar
19Dez

Como implantar uma cultura de segurança dentro de sua empresa

Trabalhadores preocupados com a saúde e o bem-estar são mais motivados e produtivos. Assim, criar uma cultura de segurança na empresa é um bom negócio para todos.

A Segurança do Trabalho é o conjunto de medidas que visa reduzir acidentes e doenças ocupacionais, protegendo a integridade dos trabalhadores. A legislação brasileira prevê que as empresas sigam as Normas Regulamentadoras (NRs), da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), para garantir a saúde dos seus colaboradores.

Os benefícios que a segurança do trabalho pode trazer para qualquer empresa são inúmeros:

- Reduz custos com indenizações e afastamentos;

- Aumenta a produção por reduzir o tempo de interrupção do trabalho;

- Diminui o número de acidentes;

- Valoriza a empresa, pois ações de responsabilidade social garantem uma imagem positiva para os negócios.

Como implantar uma cultura de segurança eficaz?

Há uma série de medidas que a sua empresa pode implantar para garantir a segurança do trabalho. A seguir, alguns pontos que são importantes levar em consideração na hora de conduzir este tema!

 

1 - Una esforços para a elaboração de um plano de segurança

O primeiro passo é compor uma equipe multidisciplinar focada na segurança do trabalhador, formando um Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT). Esta equipe deve ser composta por diversos profissionais, dentre os quais: técnico de Segurança do Trabalho, engenheiro de Segurança do Trabalho e médico, enfermeiro do Trabalho e outros profissionais que possam contribuir para a elaboração de um plano de segurança.

 

2 - Faça a análise de riscos existentes

Você sabe quais são os fatores de riscos aos quais os seus funcionários estão expostos nas rotinas de trabalho? Então esse é um passo importante para identificação dos pontos críticos dentro da sua indústria. Além de analisar as atividades e áreas, é preciso levantar os riscos e estabelecer as prioridades de segurança. Com isso, é possível montar um plano de ações para contornar esses problemas.

 

3 - Desenvolva um plano de segurança

A sua empresa precisa contar com políticas e programas efetivos visando a segurança do trabalho. Isso deve partir da liderança e incluir gestores de diversas áreas. Com o apoio de cada gestor, os trabalhadores também poderão contribuir para identificar os riscos em cada setor.

Todo o planejamento deverá seguir as Normas Regulamentadoras (NRs) de saúde e segurança do trabalho, garantindo a conformidade da empresa à legislação. O plano de segurança também deverá identificar qual será o papel de cada funcionário dentro da gestão de segurança. Se necessário, sua empresa pode contar com o apoio de consultorias e assessorias especializadas para a adequação às normas.

 

4 - Treine a equipe

É preciso investir em treinamentos pois os funcionários precisam saber exatamente o que estão fazendo a todo o momento. Assim, educar os trabalhadores sobre as atitudes preventivas é fundamental. As ações incluem as conversas diárias (Diálogo Diário de Segurança - DDS), palestras e discussões para sempre deixar a equipe preparada, além de ações que podem ser promovidas pela Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA).

 

5 - Reconheça os bons comportamentos

Qual funcionário não quer ser reconhecido perante seus pares diante de um bom trabalho? Aproveite as oportunidades de incentivar sua equipe através de ações simples como reconhecimentos e recompensas. Pode ser através de uma carta, um troféu, um e-mail, uma homenagem no canal de comunicação interno. O reconhecimento é um grande estímulo para o seu colaborador, que irá espalhar a notícia para seus colegas e incentivar a prática.

 

6 - Corrija os erros

Uma das ações mais importantes para identificar condutas inadequadas na segurança do trabalho é a auditoria interna – que deve ser realizada pela própria empresa, por meio do profissional ou equipe de segurança do trabalho (engenheiros ou técnicos habilitados para a função). Trata-se de uma avaliação sobre o desempenho dos trabalhadores, no qual se verifica se eles seguem as normas estabelecidas.

Outra forma é incentivar as equipes a reportarem os riscos. Para isso, a gestão da empresa deve estabelecer a cultura de reportar riscos por um meio oficial, que pode ser anônimo, para o líder de área. Esta ocorrência deve ser levada para a área de Segurança do Trabalho e para o conhecimento da CIPA, que irá investigar as causas, potenciais riscos e formas de solução. Os resultados devem então ser repassados a toda equipe, como forma de aprendizado para a redução de riscos e melhora na segurança interna. Com a ajuda da equipe é possível sim identificar, controlar e evitar acidentes leves ou graves.

Você já ouviu falar nas boas práticas de segurança? Então não deixe de conferir esse post sobre boas práticas de segurança!

compartilhe:
Receba nosso informativo
cadastre-se e receba em seu e-mail nossas notícias
cadastrar
+55 19 3500.8210

Rua José Gallo, 258
Vista Alegre – Vinhedo/SP - Brasil
CEP: 13285-332
© TAGOUT 2017 - Todos os direitos reservados